INCENTIVANDO A QUALIDADE DE VIDA
Buscamos maximizar resultados
|

 


Crossfit e Musculação, como a cultura de cada lugar influencia o seu treino!

Criar e estabelecer culturas é uma coisa importante e complicada em todo campo de nossa sociedade. Diferente do que podemos pensar, criar uma cultura eficiente e que todos possam seguir (e acreditar em sua positividade) é um processo complicado e cheio de peculiaridades.

Isso não é diferente quando falamos de Crossfit. Nós somos conhecidos por seguirmos um estilo de vida, um ideal em que acreditamos. Nessa postagem, vamos falar sobre as diferenças de cultura entre o Crossfit e a musculação.

Crossfit e academia de musculação, culturas diferentes?

 


 

A cultura do Crossfit te incentiva a levar uma vida bem mais saudável, e faz isso de forma mais enfática e contínua do que nas academias, por exemplo. Os alunos da Manguetown sempre trocam informações importantes sobre dica de treinos ou de alimentação. Essa troca de sabedoria ajuda todo mundo a alcançar seu melhor.

Os praticantes de Crossfit acreditam na cultura do movimento perfeito, fazendo isso sempre com muita vontade, essa busca constante faz com que os movimentos dos exercícios estejam sendo aperfeiçoados a cada treino. A execução eficiente das técnicas é o mais importante dentro do Crossfit, espelhando em resultados melhores e redução de danos e lesões.

Enquanto isso, a preocupação da maioria dos praticantes de academia é focado em medidas de corpo. Ou seja, a estética se torna mais importante do que sua saúde ou funcionalidade. Existe muita desistência em academias por causa da falta de mensuração de resultados e acaba sendo difícil saber se está funcionando ou não.

No Crossfit, a preocupação é maior em fazer os movimentos de forma mais eficiente e funcional; como eu posso melhorar a execução desse movimento para que ele pareça menos desafiador? Acompanhado com o tempo do treino e quantidade de vezes que consegue fazer os movimentos é possível mensurar os resultados e rapidamente aparecem no corpo, com o aumento de resistência e força, tornando o atleta muito mais condicionado para qualquer situação. 

Estímulo para continuar! Crossfit ou musculação?


Outra diferença importante entre a forma que os Crossfitters enxergam seu treinamento é a forma com a qual eles estimulam seus resultados. Por exemplo, de cada 100 pessoas que geralmente treinam nas academias, cerca de 80 delas provavelmente vão estar lá sem entregar seu máximo ou algo pior, vão porque estão “obrigadas” a cumprir algum tipo de exercício. Isso é inadmissível para alguém que busca ser melhor de verdade. Enquanto isso, a grande maioria das pessoas que praticam Crossfit criam um vínculo verdadeiro com a atividade. Elas não fazem Crossfit por obrigação e sim porque se sentem satisfeitas, felizes e realizadas em fazer a atividade. É esse tipo de dedicação que gera comprometimento de verdade.

Academias de musculação estimulam seus alunos de forma diferente, existem o comprometimento inicial com o aluno para ensinar a usar as máquinas adequadamente mas o acompanhamento só é possível de fato com um personal Trainer do seu lado buscando seu máximo potencial.

Na Manguetown é comum até 6 Coachs acompanhando os alunos de perto observando cada detalhe dos movimentos e corrigindo ou valorizando o movimento perfeito.

Não significa que academias de musculação são inferiores mas são diferentes. Inclusive elas não são excludentes, podem se complementar em alguns casos. Na Manguetown existe a aula de Strong para fortalecimento de base e foca em exercícios isolados e unilaterais que trabalham tanto assimetrias corporais como trazem ganhos significativos em hipertrofia!

Mas o mais importante para estímulo dentro do Crossfit é a comunidade que o cerca. Como são treinos coletivos todos sofrem juntos e se ajudam, torçem uns pelos outros e se apoiam para continuar treinando. Essa sensação de ter alguém compartilhando o mesmo estilo de vida que você ajuda em continuar sempre sendo sua melhor versão!

Tecnologia do Google TradutorTradutor